O Vinho da Patagonia abaixo de zero

O Vinho da Patagonia abaixo de zero

Como a Bodega Otronia encara o desafio de produzir vinhos no frio da Patagonia

A uva pinot noir é conhecida pelos vinhos mais pálidos e leves, cujos rótulos mais famosos do mundo vêm da fresca região francesa da Borgonha. Os exemplares do Novo Mundo – produzidos principalmente em micro regiões da Califórnia, nos EUA, e do Chile – são, em geral, mais intensos e corpulentos. O que acontece, então, se alguém tem a ideia de fazer esses vinhos na Patagônia Extrema, sob frio congelante, pouquíssima chuva e ventos de mais de 110 km/h? Quem responde é a Otronia, bodega argentina criada há pouco tempo, cujos surpreendentemente ótimos vinhos acabam de chegar ao Brasil, pela importadora World Wine.

Segundo Maximo Rocca, diretor comercial da vinícola que faz parte do Grupo Bulgheroni (do bilionário argentino Alejandro Bulgheroni), trata-se da bodega mais austral da América do Sul. Localizada a 1400 km de Mendoza, a região vinícola mais conhecida da Argentina, a Otronia tem como meta chegar a produção de 20 mil caixas de vinho nos próximos três anos.

O número tem a ver com a quantidade limitada de vinhedos e com a produção muito cuidadosa. “A média de temperatura é 11ºC, semelhante a Champanhe [onde a branca chardonnay, também plantada nos solos calcários da Otronia, impera], mas com picos extremos, com alto risco de geada”, explica o enólogo Juan Pablo Murgia.

Com bastante atenção ao processo para vencer as condições inóspitas, a Otronia busca fazer um trabalho inédito, produzindo vinhos que lembram os da Borgonha em elegância, mas trazem o terroir sofrido da Patagônia, com a voluptuosidade dos vinhos americanos. “Queremos vinhos de lugar, não de enólogo”, diz Rocca sobre os rótulos que são orgânicos “como consequência da filosofia.

Entre as garrafas disponíveis no mercado brasileiro, estão Otronia 45 Rugientes Cortes de Blancas 2017 (R$ 279), Otronia 45 Rugientes Pinot Noir 2017 (R$ 279), Otronia Block 1 Pinot Noir 2017 (R$ 669) e Otronia Block 3&6 Chardonnay 2017 (R$ 669).

Otronia produz vinhos que lembram os da Borgonha

fonte: Forbes Taste, por Juliana Ventura

Solicite uma Cotação